Blog

Betalabs

Arquivo da categoria: Comércio Eletrônico

12 pontos importantes para a Black Friday

BLACK_FRIDAY-2017

A Black Friday é um evento mundialmente conhecido, e nos últimos anos teve um crescimento significativo para o mercado do varejo, uma vez que tem atingido um faturamento maior que algumas datas mais tradicionais como o dia das mães, por exemplo.

Ela surgiu nos Estado Unidos, ocorrendo na última sexta feira de novembro todos os anos, logo após o dia de ação de graças. Ela é considerada uma das principais datas que mais vendem no país (é quase um Natal!). Este ano a Black Friday ocorre no dia 24 de novembro, e muita gente não tem ideia da dimensão e do poder que o dia global de descontos tem. Aqui no Brasil, em apenas seis anos, já se tornou a segunda data de maior faturamento nas vendas online, ficando apenas atrás do Natal. Cresceu 17% só no último ano (UAU!).

Para que sua loja não fique de fora, listamos alguns pontos importantes para se atentar, pois já estamos no final do segundo tempo e não dá para perder esta oportunidade. Segue:

1. É um dia esperado por muitos consumidores

Muita gente passa o ano guardando o dinheiro para poder comprar o tão sonhado smartphone, televisão, etc., e por isso passam o ano observando os preços dos produtos, acompanhando os sites que vendem o mesmo, na busca de maior economia. Então nesta data eles irão procurar os melhores descontos para fazer suas compras.

2. Seja honesto com o cliente

Aqui no Brasil, um dos maiores fatores que atrapalham a Black Friday é a desonestidade com o consumidor. Sabe aquela bolsa que sempre custou R$ 200 reais? Magicamente aparece na etiqueta da promoção da Black Friday que de R$ 500 reais o preço caiu para R$ 250, e isso é um erro comum infelizmente. Então fica aí uma dica importante: Os consumidores estão de olho nos produtos e caso sua loja tenha esta prática, vai fazer com que você perca clientes!

3. Dê desconto nos produtos mais vendidos

Convenhamos que, para vender mais, o lojista tem que ser esperto. Então nada melhor que aproveitar o gancho da Black Friday e apostar nos mais vendidos, pois é garantido que terá um bom volume de vendas. É claro os produtos que estão há um tempinho no estoque não podem ficar fora dessa também!

4. Preço x Lucro

É necessário analisar bem os percentuais de desconto a serem dados, para que você não saia no prejuízo. É comum olhar as placas de descontos na Black Friday, com anúncios de até 75% de desconto nos produtos, o que atrai muitos olhares curiosos e sedentos de preços mais baixos, mas, para o lojista, é muito importante prever estes preços em uma projeção para ter um bom faturamento!

5. Enfeite a sua loja!

Seja ela física ou virtual, aposte em banners temáticos, dê destaque aos produtos mais vendidos e aos preços, coloque números, percentuais de desconto, pois para a sexta mais lucrativa do ano, um desconto de 5% não vai ter tanta atratividade quanto um de 20%. Jogue com estas informações para prender o cliente na sua loja e incentivar que a venda seja concluída, mas se atente para não exagerar.

6. Dispare e-mails marketing

Antes mesmo desta data, dispare e-mails para sua base de clientes e newsletter. A curiosidade é uma carta na manga importante para fazer o cliente ir até você! Trabalhe no visual e capriche neste e-mail, para garantir as visitas à sua página.

7. Redes Sociais

Além de caprichar na loja e nos e-mails, se você tem páginas no Facebook, Instagram, Pinterest, entre outros, publique sobre a Black Friday para atrair clientes por elas também! Muitas vezes o seu cliente pode estar esperando essa novidade no feed dele para clicar na sua loja.

8. Marketplaces

E que tal contar com a ajuda dos poderosos do mercado? Para lojas que vendem em marketplaces, tais como Americanas, Walmart, Mercado Livre, etc., tem uma arma poderosa para vender mais, pois estes sites já tem um grande número de acessos e visibilidade online. Então caso estes sejam um dos seus canais de venda, pode usar sem medo!

9. Estoque

É sempre bom, antes de datas comemorativas fazer a atualização do estoque, falar com os fornecedores, fazer as compras que julgar necessário, e com a Black Friday não é diferente. Faça um inventário e atualize as quantidades na sua plataforma, principalmente para aqueles que estarão em promoção. Assim evita possíveis problemas de venda sem produto em estoque e faz com que o cliente confie mais na sua loja voltando para comprar mais!

10. Prepare sua equipe de atendimento

Em datas comemorativas é comum os pedidos de atendimento aumentarem, afinal o fluxo de pessoas que passam pelo site aumenta. Para isso é bom ter uma equipe preparada para responder às mais diversas dúvidas dos seus clientes. Dica importante: se utilizar chat na sua loja, procure manter algum atendente online, para agilizar mais ainda as solicitações e reduzir o número de e-mails a serem respondidos depois!

11. Validade do domínio

É bom se certificar que seu domínio esteja dentro da validade, é comum acontecer de se preocupar demais com a venda em si e esquecer dessa parte mais técnica. E sem domínio, não tem loja, não é mesmo?

12. Plataforma preparada

E por último, mas não menos importante, bata um papo com seu fornecedor da sua plataforma. O número de acessos simultâneos cresce consideravelmente de uma hora para a outra na Black Friday, o que pode acarretar problemas técnicos. Por isso, certifique-se que sua plataforma está preparada, garantindo assim que não haja problemas com o servidor, com as vendas, lentidão no site, para que o cliente não desista de comprar na sua loja.

Concluindo, não perca esta oportunidade para alavancar sua loja, prepare-se enquanto é tempo e aproveite as dicas para vender muito!

Escrito por Eduarda R. Souza

Sócio-fundador da Betalabs fala sobre o mercado de e-commerce ao Valor Econômico

valor-blog

O mercado digital sempre será marcado pela inovação, garante Luan Gabellini, sócio-fundador da Betalabs, especializada no desenvolvimento de plataformas de e-commerce. “Aderir de forma rápida às novas tecnologias e testar novos modelos de negócio são caminhos para o acerto”, diz.

Para ele, os lojistas devem estar atentos à experiência de consumo.

“Apesar da batalha de preços na internet, um bom relacionamento com o cliente ainda é a melhor estratégia para diminuir o investimento necessário para realizar uma nova venda.”

De acordo com uma pesquisa feita pela Betalabs em uma base de mais de 300 clientes, as categorias de alimentos e cosméticos foram as campeãs em crescimento de vendas, com alta de quase 10% no primeiro semestre, ante o mesmo período do ano passado. Foram analisados nove segmentos e todos apresentaram alta. Além de alimentos, com um salto de 9%, e cosméticos (8%), aparecem calçados, livraria e ótica (3%); vestuário e eletrônicos (2%), além de bebidas e móveis (1%).

O levantamento também indica um aumento no modelo de venda por assinatura, com um ganho de 7%. “O mercado de assinaturas, que oferece mais comodidade ao cliente, gera receitas recorrentes e uma previsibilidade das demandas, é uma boa alternativa para os lojistas”, diz.

5 dicas para utilizar o Instagram a favor da sua marca

INSTAGRAM

O Instagram é, hoje, um dos principais canais de comunicação, com mais de 500 milhões de contas ativas. Segundo pesquisas, a rede social gera 15 vezes mais engajamento que o Facebook.

Tamanha popularidade entre os usuários certamente atraiu o interesse comercial, principalmente no mercado online. Por esse e outros motivos, estar presente no Instagram é garantia de retorno para sua loja.

Abaixo, listamos algumas dicas para melhor aproveitar o aplicativo a fim de reforçar a proposta do seu negócio e trazer visibilidade à sua marca. Acompanhe!

Tire boas fotos

Prezar pela qualidade das imagens que você posta não significa que você deva necessariamente contar com uma câmera profissional. É possível conseguir fotos incríveis usando apenas o seu celular! O segredo está no tratamento dessas imagens. Veja algumas dicas:

  • — Atente-se à resolução das imagens tiradas com a sua câmera. É importante que elas sejam nítidas e sem ruídos.
  • — A qualidade das imagens também diz respeito ao seu conteúdo. Muitos elementos na mesma foto podem tirar o foco do seu produto, que deve ser o destaque.
  • — A beleza e a harmonia no feed de um Instagram são capazes de atrair mais curtidas e seguidores.
  • — Utilizar o mesmo filtro ou o mesmo estilo de edição de foto trazem uma ideia de continuidade no seu feed, tornando-o mais harmonioso.
Mantenha a frequência de suas postagens

Criar uma conta no Instagram e deixá-la abandonada, além de não fazer sentido, afasta potenciais clientes que conhecerem sua loja através da rede. Tente sempre manter sua página atualizada. Para isso, você precisará ter um planejamento de mídias sociais e determinar os melhores horários e dias da semana para postar.

Escreva legendas criativas e engajadoras

O foco do Instagram é, claro, a fotografia. Porém, as legendas são ótimas aliadas para conquistar mais curtidas. Além disso, também são úteis para gerar mais tráfego na sua página, uma vez que os mecanismos de busca também guardam as informações de texto e hashtag.

A linguagem e a abordagem que você utiliza em suas legendas deve estar de acordo com o posicionamento da sua marca e, principalmente, com seu público alvo. Saiba discernir se suas postagens pedem certa formalidade ou uma linguagem mais divertida e descontraída. Dependendo do contexto, você pode até utilizar emojis, gírias e memes! Se utilizados com sabedoria, eles são bons para estreitar a relação da marca com os consumidores e gerar mais engajamento.

Use hashtags (mas com moderação!)

Nem todo mundo sabe, mas a função das #hashtags vai além de adicionar informações à legenda da imagem. Elas servem para contextualizar sua publicação em um resultado de busca por determinado tópico, de modo semelhante a um SEO. Usar palavras-chave em alta (contanto que tenham a ver com a imagem) ajudam suas fotos a serem facilmente encontradas. Mas não exagere: o ideal recomendado é que se utilize até 5 hashtags, no máximo!

Mapeie suas fotos

Uma das tendências do marketing nas mídias sociais é a utilização da geolocalização. Sabendo se posicionar no mapa,  você aumenta as chances de atrair consumidores não apenas que frequentam suas proximidades, mas também que se identifiquem com a cultura do local onde está a sua empresa.

Utilize o recurso em momentos específicos e marcantes para sua marca, como por exemplo: uma etapa do processo de produção, datas comemorativas, confraternização com a equipe, local de trabalho, um evento do qual a empresa está participando, etc.

Aproveite as parcerias e marcações

Quando um cliente seu posta uma foto usando seus produtos e marca a sua página, ele quer ser notado. Não deixe de interagir com esses consumidores! Fica a seu critério repostar a foto ou não, mas curtir e comentar é uma forma de fidelizar clientes.

Existem perfis de personalidades com milhares de seguidores. São os famosos influenciadores digitais. São celebridades, blogueiros ou referências em algum assunto de nicho, que recebem esse nome justamente pelo poder de influência que exercem nas redes sociais devido ao seu grande alcance. Fazer parceria com essas pessoas pode trazer mais visibilidade e popularidade para sua marca. Envie brindes e produtos para eles como presente, em troca de uma publicação divulgando sua loja. Acredite, não será dinheiro perdido; muito pelo contrário! ‘Publiposts‘ costumam atrair não só novos seguidores, mas novos clientes também.

Saiba como melhorar o marketing de performance do seu e-commerce

MARKETING_DE_PERFORMANCE

Nos últimos anos, as vendas mobile cresceram de tal forma que a expectativa é que ao final de 2017 elas tenham ultrapassado as vendas pelo desktop. Já abordamos, anteriormente, sobre a importância de ter uma loja virtual otimizada para dispositivos móveis. Confira agora algumas dicas poderosas para otimizar as estratégias de marketing do seu negócio:

Faça testes

Você já deve ter ouvido falar em testes A/B, certo? De forma resumida, são a comparação entre duas versões diferentes de um site ou de um elemento dele, como um banner, botão, etc, afim de testar qual delas converte mais. São eficientes por oferecer um feedback real de mercado, mensurado com precisão e baseado em estatísticas do seu próprio site. Clique aqui para saber tudo o que você precisa sobre a importância desse tipo de teste e como realizá-los.

Torne a experiência do usuário personalizada

Esqueça as relações genéricas e puramente comerciais! Estudos comprovaram que 86% dos consumidores acreditam que a personalização tem um papel importante em sua decisão de compra. Portanto, o momento de estreitar o relacionamento com o seu cliente e aproximar-se dele é agora! Existem diversas formas de fazer isso, e algumas delas são:

  • E-mail marketing e remarketing personalizados;
  • — Recomendação de produtos de acordo com navegações anteriores;
  • — Descontos e cupons exclusivos para produtos vistos anteriormente e não comprados;
  • — Criação de wishlists (produtos desejados);
  • — Envio de avisos sobre promoções de produtos com os quais o usuário já interagiu.

O DroidCommerce é uma das ferramentas que focam nesse tipo de personalização, dentre outras funcionalidades.

Esteja sempre de olho no tráfego mobile

Nunca deixe de checar os dados e o tráfego mobile em seu site no Google Analytics. Alguns pontos para serem levados em consideração quando se trata do mobile:

  • — A versão mobile do seu site deve ser simples para não atrapalhar o fluxo de compra. Evite encher a página de links, botões, popups e outros elementos que podem desviar o caminho do cliente até o checkout.
  • — Simplifique os formulários de identificação, entrega e pagamento.
  • — Estudos mostram que clientes dificilmente convertem sem um número de telefone até o checkout.

Dicas para otimizar as imagens em seu e-commerce

Dicas para otimizar as imagens em seu e-commerce

Otimizar imagens dos seus produtos é uma estratégia essencial quando o objetivo é fazer com que a sua loja conquiste um bom posicionamento. Ainda assim, grande parte dos e-commerces atuais negligenciam esse passo.

Por que otimizar suas imagens?

Fotos possuem um alto poder de gerar tráfego, principalmente a partir de pesquisas feitas em motores de busca como o Google Imagens. Com o Google Analytics, é possível visualizar um relatório de vendas da sua loja baseado nas visitas que originaram da busca de imagens e compará-lo com o número de vendas baseado na busca orgânica excluindo os resultados de imagens.

Portanto, se seu objetivo for aumentar a quantidade de acessos em sua loja com a possibilidade de gerar mais conversão, a otimização das imagens pode ajudar! Abaixo, veja algumas dicas de como dar mais visibilidade aos seus produtos ao otimizar suas imagens.

Atente-se aos elementos do código

O algoritmo do Google considera diversos fatores para exibir os resultados nas primeiras posições do Google Imagens, entre eles:

Texto alternativo

Jamais deixe-o vazio! O texto alternativo (ou alt tag) diz respeito a uma descrição alternativa sobre a imagem. Quando a imagem não pode ser visualizada, pelo motivo que seja, esse atributo descreve seu conteúdo para o usuário. O Google também usa essa descrição para identificar a relação da imagem com a página e o conteúdo onde foi incluída.

Além disso, alt tags são acessíveis. Com elas, os programas de navegação para deficientes visuais consegue informar os usuários sobre do que se trata a imagem.

Tag title

Procure colocar o nome do produto ou uma descrição sobre a imagem com palavras-chave que possam ter bastante busca.

Nome do arquivo

Busque sempre criar nomes de arquivo que contenham palavras-chave que sejam o mais descritivas possível. Por exemplo, se o seu e-commerce vende roupas, use: calça-jeans-marca.jpg. Evite ao máximo usar aqueles nomes padrão que as câmeras colocam automaticamente, como DSC0532.jpg.

Tamanho é documento

O tamanho das imagens interferem muito no tempo de carregamento de uma página. Quanto mais rápido um site for para carregar, a página é indexada com maior facilidade, além de proporcionar uma melhor experiência para o usuário.

Fatores como o tipo de arquivo e o aplicativo utilizado para tratar a imagem são importantes para reduzir ao máximo o tamanho da sua imagem, claro, sem perda de qualidade. Existem várias ferramentas capazes de comprimir imagens mantendo a qualidade.

Sitemap de imagens

Adicionar suas imagens a seu sitemap XML ajuda o Google a indexar suas imagens, portanto, assegure-se de fazer isso para melhorar o SEO das fotos, gráficos e outros tipos de conteúdos visuais da sua página.

Como no caso do sitemap, o de imagem serve para fornecer informações adicionais ao Google quando ele rastreia uma página. Você pode adicioná-las a um sitemap existente ou a um arquivo separado.

Avaliações, opiniões e depoimentos: por que são tão importantes para sua marca?

AVALIACOES_OPINIOES_DEPOIMENTOS

No mercado digital, a recomendação de lojas é muito importante para que estas gerem mais conversão. Segundo pesquisas do IBOPE, metade dos consumidores buscam por opiniões sobre o produto antes de realizar uma compra. Expor avaliações e depoimentos de clientes em sua loja virtual credita confiança e gera credibilidade para que potenciais consumidores sintam-se confortáveis ao comprar com você.

Além disso, avaliações são muito bem vistas pelos principais buscadores, como o Google. Isso significa que com elas, as páginas do seu e-commerce poderão ter um melhor posicionamento nos mecanismos de busca. Os depoimentos ainda criam novos conteúdos para seu site, que se forem constantes, agregam ainda mais relevância à sua marca.

Na sua loja virtual, permita que os usuários comentem sobre os produtos, deixem suas avaliações, troquem experiências e leiam os comentários de outros clientes. Abaixo, algumas dicas para melhor formatar e apresentar as opiniões de seus clientes em seu site, de maneira que estejam otimizados para pesquisa:

  • — Coloque as opiniões em HTML simples para que sejam legíveis pelos motores de busca;
  • — Incentive depoimentos mais longos criando um número de campos ou fazendo perguntas;
  • — Artigos da imprensa também são ótimos para serem destacados em uma página de forma semelhante aos comentários dos clientes.

 

Além de apresentar essas opiniões em seu e-commerce, você pode (e deve!) fazer uso das redes sociais para descobrir o que seus clientes têm a dizer sobre seus produtos e serviços. Se for viável para você, parcerias com influenciadores digitais e outras lojas online também podem lhe ajudar a atingir seus objetivos. Dependendo da rede, você pode até compartilhar imagens ou até mesmo vídeos de seus produtos sendo utilizados por clientes satisfeitos! Dessa forma, você gera mais credibilidade à sua marca e ainda cria certa afinidade com seu público-alvo.

Utilize a tecnologia a seu favor! Existem ferramentas no mercado capazes de ajudar na captação de avaliações e depoimentos. Fazer com que o processo seja rápido e simplificado também encoraja o cliente a opinar.

IMPORTANTE: Esteja preparado para lidar com críticas e opiniões negativas. Peça desculpas pela situação e tente sempre entender o problema e a expectativa do cliente, apresentando uma possível solução. Não deixe de convidá-lo a voltar para provar que foi uma situação pontual que não irá se repetir.

Como trabalhar o pós-venda para conquistar seus clientes

POS_VENDA

Ao contrário do que muitos lojistas pensam, o pós-venda não se resume apenas à solução de problemas. Essa é uma etapa crucial para qualquer e-commerce, pois através do relacionamento com o cliente após a compra, a loja consegue cativá-lo, viabilizando uma nova venda futuramente. Quando uma empresa não se preocupa com esse ponto, é capaz de trazer frustrações para o cliente, afastando-o de uma possível recompra e prejudicando a reputação da loja.

Assim, para evitar essa situação e garantir a eficiência do seu atendimento pós-venda, separamos algumas dicas. Acompanhe a seguir!

Agradeça a compra

E-mails de confirmação de compra costumam ter uma boa taxa de abertura, aproveite-os para agradecer a escolha do cliente em comprar em sua loja e aproximar-se dele.

Faça follow-up

É importante que sua loja faça o follow-up, que nada mais é do que o acompanhamento da venda. Através de e-mails transacionais, pergunte se o seu cliente recebeu o produto ou se chegou no prazo esperado, por exemplo. Coloque-se à disposição para caso ele precise de alguma ajuda com o produto. É válido também fazer uma pequena pesquisa de opinião e pedir uma avaliação de como foi a experiência de compra, por meio de um link.

Treine sua equipe

Certifique-se de que sua equipe é bem capacitada para oferecer qualidade no atendimento, afim de resolver quaisquer problemas que o cliente possa ter sem causá-lo dor de cabeça.

Dê atenção ao cliente

Ficar à espera de uma mercadoria sempre gera certa ansiedade no consumidor. Essa expectativa pode ser amenizada caso sua loja ofereça um serviço de acompanhamento do pedido, como por exemplo, notificar o cliente do trajeto da mercadoria até que chegue em sua casa. Além de reduzir a procura pelo SAC, esse tipo de serviço tende a melhorar a reputação da sua empresa, pois demonstra comprometimento e valorização do cliente.

Ofereça vantagens

A oferta de promoções e vantagens exclusivas para o cliente que recém comprou em sua loja incentiva-o a voltar a comprar com você no futuro. Essa oferta pode ser de brindes, cupons de desconto, promoções, prestação de algum serviço, entre outras vantagens.

Simplifique o contato

Não dificulte o contato com o seu cliente. Ofereça mais de uma opção para que ele possa entrar em contato com a sua loja. Chat online, redes sociais, e-mail, telefone e até WhatsApp… O importante é certificar-se de que ele será bem atendido em qualquer um deles.

Todos esses pontos são capazes de fazer a diferença no relacionamento com seus consumidores. Dessa forma, você não cai no esquecimento e propicia a fidelização desses clientes.

5 dicas para gerar leads qualificados para seu e-commerce

5_DICAS_LEADS_QUALIFICADOS

Um dos objetivos mais comuns de lojas virtuais é a ampliação de sua base de contatos, uma ótima maneira de conquistar potenciais clientes. Por esse motivo, os e-commerces têm investido cada vez mais na geração de leads.

Existem diversas práticas e estratégias para atrair essas oportunidades de negócios, que devem ser realizadas com sabedoria para que não acabem surtindo um efeito contrário ao desejado!

Separamos algumas dicas do que fazer e o que não fazer ao alimentar sua base de contatos, a fim de atrair leads qualificados e interessados nos seus produtos e serviços. Acompanhe:

1. Não compre listas de terceiros

A primeira dica e talvez a mais importante é: nunca, em hipótese alguma, compre listas de e-mails prontas. Essa prática, embora seja erroneamente utilizada por aí, pode ser bastante prejudicial para o seu e-commerce por uma série de motivos. Você não conhece as pessoas dessa lista e provavelmente elas também não te conhecem; chegar oferecendo produtos para alguém que nunca ouviu falar na sua marca irá causar uma péssima primeira impressão! Além disso, há chances de seus e-mails caírem direto na caixa de spam, ou seja, o resultado será zero e o seu trabalho foi perdido.

2. Faça campanhas de ação opt-in

Ao oferecer algum tipo de benefício que seu público alvo considere vantajoso, é quase certo que você atrairá pessoas interessadas naquilo que você está oferecendo. Esse benefício pode ser um desconto, um conteúdo diferenciado, uma exclusividade ou qualquer outra coisa que instigue seu consumidor a se cadastrar na sua lista de e-mails.

3. Faça campanhas de indicação

Uma boa forma de atrair novos leads para sua base é trabalhar campanhas em que seus clientes indiquem amigos. Exemplo: indique 3 amigos e concorra a um prêmio. Também vale oferecer descontos ou benefícios a todos que se engajarem nesse processo.

4. Pratique ações conjuntas com outras empresas

Quando se trata de marketing, parcerias são sempre interessantes, tanto para as empresas envolvidas, quanto para o público consumidor. Procure realizar campanhas junto com alguma outra empresa que trabalhe com um público alvo que se aproxima do seu, ainda que não seja do mesmo segmento. Por exemplo, se seu negócio é vender bijuterias, realize uma campanha junto com uma loja de moda feminina. Dessa forma você captura mais leads e ambas as lojas ganham novos clientes potenciais.

5. Capture e-mails em loja física

As empresas que trabalham também com loja física podem capturar e-mails de clientes que adentram na loja, mesmo que não comprem algo. Um exemplo simples e muito utilizado é: “preencha o cupom e concorra a tal cesta ou produto”.

5 dicas para sua loja vender mais no Dia dos Namorados!

DIA_DOS_NAMORADOS

O Dia dos Namorados está chegando e traz, com ele, novas oportunidades de vendas. No ano passado, os dias que antecederam a data movimentaram R$ 1,65 bilhão apenas no comércio eletrônico, segundo dados da Ebit, um crescimento de 16% em faturamento em comparação ao ano anterior.

Em 2017, a tendência é que esse aumento nas vendas durante o período permaneça. Portanto, confira algumas dicas que separamos para aproveitar a data e vender mais!

1. Fique atento às categorias e padrões de consumo

A primeira dica é observar tanto as tendências de consumo geral como os padrões de compra do seu e-commerce.

Segundo a Ebit, em 2016, as categorias que mais venderam no Dia dos Namorados foram: Livros/Assinaturas e Revistas; Eletrodomésticos; Telefonia e Celulares; Moda e Acessórios; e Casa e Decoração. Vale a pena dar destaque aos produtos dessas categorias em sua loja e reforçar seu estoque.

Além disso, faça uma avaliação do padrão de comportamento dos seus clientes nesse período no ano passado – os produtos que mais compraram, se ocorreu aumento na venda de produtos que tenham relação com a data, etc.

2. Ofereça descontos e brindes, como embalagens especiais

Descontos e promoções são indispensáveis em datas comemorativas.Considere os produtos da sua loja que podem entrar em promoção sem apresentar riscos ao seu faturamento e aposte em cupons exclusivos para a data.

Não se esqueça que grande parte dos produtos adquiridos no período serão dados como presentes. Além dos descontos, oferecer uma embalagem especial ou um cartão temático grátis para o consumidor pode auxiliar na conversão.

3. Otimize a logística de entrega

Consumidores não toleram atrasos na entrega de produtos que serão dados como presentes. Por isso, é fundamental que sua loja disponha de condições de envio com prazos realistas, que estejam de acordo com a capacidade operacional e com o estoque de seu negócio.

Algumas opções são: analisar se é possível oferecer entrega expressa nesse período ou, ainda, permitir que seu cliente retire a compra em um ponto de venda.

4. Redobre o cuidado com o atendimento

O atendimento ao cliente é essencial para uma loja e deve ser impecável. Em datas comemorativas, quando muitos consumidores compram com o intuito de presentear alguém, dúvidas e receios surgem, afinal ninguém quer decepcionar a pessoa amada. Por isso, é imprescindível oferecer um bom atendimento, seja ele por chats em tempo real, redes sociais, telefone ou apps mobile.

5. Aproveite o potencial dos marketplaces

Os marketplaces são ótimas oportunidades de aumentar a visibilidade da sua loja em datas especiais. Os principais marketplaces do mercado costumam promover campanhas de divulgação específicas para a data, fazendo com que os produtos de sua loja alcancem um público bem maior, aumentando assim as oportunidades de gerar conversão.

O que são os testes A/B e por que fazê-los?

TESTES_AB

Como sabemos, existem algumas práticas e técnicas recomendadas por profissionais de e-commerce para auxiliar seu negócio a encontrar sua melhor abordagem e alcançar a conversão. Uma das opções mais conhecidas e eficientes são os testes A/B, uma técnica de mensuração de funções para o comércio digital, que compara resultados e apresenta a melhor alternativa.

Como funcionam os testes A/B?

O teste consiste em criar duas versões para uma determinada página, aplicando as modificações que se deseja testar em uma delas, e direcionar 50% do tráfego para cada uma. Ao final do teste, analisa-se qual das duas obteve as melhores taxas. Dessa forma, é possível metrificar os resultados afim de proporcionar a melhor experiência para o seu consumidor, ao mesmo tempo que você melhora seus índices de conversão.

Quanto às modificações, elas podem variar desde uma cor de botão a uma ferramenta completa de checkout. Muitas pessoas erram ao achar que que apenas grandes mudanças são capazes de gerar uma melhora significativa na taxa de conversão. Na maioria das vezes, alterações sutis, como a disposição ou até mesmo a cor de um elemento, são capazes de gerar aumentos significativos. Entraremos em detalhes sobre que elementos podem ser testados daqui a pouco.

Por que o teste é eficiente?

Testes A/B são eficientes pois oferecem um feedback real de mercado, mensurado com precisão e baseado em estatísticas do seu próprio site. Isso elimina a necessidade de fazer suposições e permite que você tome decisões baseadas em números, diminuindo a chance da sua decisão resultar em falhas no futuro.

Em termos de competitividade e concorrência, a usabilidade e experiência do usuário do e-commerce pode ser o melhor diferencial para a sua marca.

Como fazer um teste A/B?

Os testes A/B podem ser realizados em landing pages, calls-to-action e até em campanhas de e-mail marking.

A primeira dica ao realizar testes A/B é: nunca teste mais de um elemento por vez, já que dessa forma fica quase impossível determinar qual funcionalidade foi responsável pelo resultado.

Veja a seguir alguns itens que costumam alterar positivamente os resultados de conversão em uma página.

Headline (título) da página

Você pode variar o tamanho, a cor e, claro, a abordagem utilizada. O conteúdo e a linguagem do texto fazem muita diferença.

Botões call-to-action

Os botões de chamada para a ação são peças fundamentais para a conversão. Você pode testá-los alterando seu texto, cor, tamanho ou posicionamento.

Imagens e vídeos

O que converte mais: uma galeria de imagens ou uma única em destaque? Um produto em um fundo branco ou em uso? Cada negócio possui suas peculiaridades. Portanto, quando tratamos do conteúdo visual, o ideal é fazer o teste para ver o que funciona melhor com o seu público.

Descrição do produto

Descreva seus produtos utilizando a linguagem que melhor conversa com seu público. Caso seu negócio permita, experimente usar uma abordagem bem humorada.

Diagramação

As opções de diagramação e layout são inúmeras, principalmente quando se deseja aplicar testes A/B em landing pages. Experimente alternar o alinhamento da imagem com o texto, por exemplo.

Cores

As cores devem ser utilizadas com coerência para não prejudicar sua identidade visual. Um breve estudo sobre a psicologia das cores pode ser útil para testar quais cores melhor destacam seu produto ou geram mais cliques em seus botões.

Dicas e artigos sobre ERP e plataforma e-commerce

Betalabs Tecnologia - Rua Urussuí 300, 9º andar - Itaim Bibi - CEP: 04542-051 - São Paulo - SP
×

Temos um presente para você!

Receba gratuitamente nosso curso online "Rasgando o Manual" e aprenda o que você precisa sobre gestão de e-commerce!

  • Prático e com exemplos reais
  • Estruturado com foco em resultados e rentabilidade