Passo a passo da integração do seu e-commerce com um marketplace

Passo a passo da integração do seu e-commerce com um marketplace

Como os marketplaces funcionam como uma enorme vitrine para os vendedores exporem seus produtos, eles acabam sendo ferramentas extremamente poderosas para os e-commerces conseguirem mais clientes, mais alcance, mais visibilidade e mais tráfego de qualidade. Por isso, integrar o seu e-commerce a um marketplace pode fazer toda a diferença para o sucesso do seu negócio.

Entretanto, se você tem um e-commerce e quer integra-lo a um ou vários marketplaces, é preciso ter alguns cuidados ao administrar o negócio. Uma vez que seus produtos vão alcançar mais pessoas, é provável que o seu número de vendas aumente, o que significa dizer que você vai ter mais demanda e mais etapas para analisar e controlar para que não haja nenhum tipo de problema.

Por isso, preparamos um passo a passo para facilitar o entendimento dessas etapas e você consiga integrar o seu e-commerce com os marketplaces que você acha mais interessantes de acordo com o seu nicho.

Primeiro passo

Depois de escolher o marketplace onde você vai expor os seus produtos, você precisa solicitar a sua entrada nele. Quando a sua solicitação for aprovada, você vai receber uma chave de acesso ao marketplace para poder começar a integração do seu e-commerce a ele. Normalmente, essa etapa do processo costuma levar até duas semanas, então não se desespere e seja paciente.

Segundo passo

Assim que você tiver acesso ao marketplace, a primeira coisa que você precisará fazer é cadastrar e categorizar os seus produtos na plataforma. A descrição é uma parte importante para que você consiga conquistar a confiança do consumidor, então procure ser o mais claro e detalhista possível, utilizando fotos e outras informações que podem te ajudar a ilustrar melhor o produto em questão.

Ao categorizar os seus produtos corretamente, o consumidor terá a possibilidade de encontrar os seus itens ao filtrar a busca no site, facilitando o processo de compra, então tenha bastante cuidado nessa etapa para que o consumidor consiga ter acesso aos seus produtos sem nenhum inconveniente.

Terceiro passo

Depois de cadastrar e categorizar os seus produtos no marketplace, eles passarão a ser expostos aos consumidores e, consecutivamente, serão vendidos. No terceiro passo, ressaltamos a importância do controle de estoque para que você consiga entregar o que promete nos prazos que promete.

Com um sistema integrado entre e-commerce e marketplace, você consegue otimizar essa etapa do processo de vendas, uma vez que você terá controle sobre informações relacionadas as duas frentes de negócio em um só lugar. Assim, você conseguirá avaliar o estoque de maneira completa para evitar o fornecimento de produtos esgotados, evitando a venda desses produtos e um futuro cancelamento, por exemplo.

Quarto passo

Por fim, é preciso pensar em estratégias de precificação para que você consiga oferecer seus produtos por valores competitivos, respeitando as políticas e regras do marketplace onde você expõe seus produtos, e consiga ter lucro. Procure se informar sobre as regras do marketplace para questões relacionadas a preços e promoções, avalie a média de preços dos seus concorrentes, calcule quanto você pagará de porcentagem ao marketplace pela venda dos seus produtos e determine o seu preço.

Ao se preocupar com esses detalhes previamente, você vai conseguir evitar uma série de problemas que podem acontecer caso essas etapas não sejam bem planejadas. Parecem processos simples, mas que fazem toda a diferença para que você se saia bem ao vender seus produtos nos marketplaces.

Passo a passo da integração do seu e-commerce com um marketplace
Avalie a publicação

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escreva e dê Enter para pesquisar

Shopping Cart