Blog

Betalabs

M-commerce: a importância de ter uma loja virtual otimizada para mobile

MCOMMERCE

Segundo dados do 34º Webshoppers, levantamento realizado pela E-bit e Buscapé,  dispositivos móveis tiveram 23% de participação no total de compras realizadas virtualmente no primeiro semestre de 2016, e 18,8% das transações de compra efetuadas foram feitas por dispositivos mobile. Além disso, mais de 1/3 das pessoas buscam informações sobre produtos que desejam comprar através de um smartphone.

Os números mostram a importância de identificar esse aumento no uso do mobile pelos clientes e otimizar seu e-commerce a fim de vender mais e melhor nos casos em que ele for acessado através de smartphones e tablets.

Mas além de atender à necessidade dos usuários que preferem comprar através de dispositivos móveis, que outras vantagens um site otimizado para mobile pode trazer para seu e-commerce? Há algum tempo, o Google e demais mecanismos de busca mudaram seus algoritmos passando a exigir sites responsivos. E o que isso significa? De forma simplificada, os sites cujos layouts não se adaptam aos diferentes tamanhos de tela ficam em desvantagem em relação aos outros, perdendo posições nos rankings de busca.

A rapidez, a praticidade e a facilidade de uso também estão entre os grandes diferenciais do mobile commerce. Para obter os melhores resultados e proporcionar ao seu usuário a melhor experiência, veja alguns pontos que devem ser considerados ao criar uma plataforma mobile:

Conexão: A velocidade da conexão em plataformas mobile, comparada ao desktop, é inferior. Para não perder vendas por esse motivo, a dica é investir em um site leve.

Tamanho da tela: Uma vez que o tamanho da tela é reduzido nos dispositivos móveis, é interessante “enxugar” o conteúdo do site antes de integrá-lo ao mobile, deixando apenas as informações essenciais.

Touchscreen: Ainda em relação à tela, é válido lembrar que a principal interação em plataformas mobile é o toque. Dessa forma, atente-se aos botões e demais componentes da interface de forma que estes não precisem de zoom em excesso para que haja uma interação.

Cadastro: Ter um processo de cadastro otimizado para mobile também é essencial. Nesse ponto, é interessante integrar o login do usuário com redes sociais como Facebook, Twitter ou e-mail do Google, por exemplo. Uma outra opção é oferecer um cadastro simplificado com a possibilidade de preencher o restante dos dados em outro momento.

Conversão: Uma dica para conseguir aumentar a conversão é  oferecer ao consumidor uma plataforma em que os produtos possam ser adquiridos com poucos cliques.

Segurança: Para conquistar a confiança dos usuários de smartphones, que nem sempre estão conectados a redes totalmente seguras, é importante destacar em sua loja o compromisso que possui em oferecer boas práticas de segurança de dados e certificados digitais.

 

Você conhece a parceria entre a Betalabs e o Pagar.me?

PAGARME

Garantir uma gestão de recebíveis simples, inteligente e transparente é um dos principais motores do Pagar.me, Provedor de Serviços de Pagamento (PSP) que está no mercado desde 2013. Unindo a facilidade de integração de um subadquirente e o alto desempenho proporcionado por um gateway, o Pagar.me facilita todo o fluxo de pagamento para o varejista. Além disso, o PSP desenvolve soluções para problemas complexos relacionados a marketplaces e omnichannel.

Com foco no aumento de conversão da loja virtual, o Pagar.me oferece ferramentas como o checkout transparente, em que o comprador não precisa ser redirecionado para outra página ao inserir seus dados e finalizar a compra. O checkout Pagar.me informa ainda se houver erros durante o preenchimento das informações, facilitando a experiência do usuário.

Também de forma a maximizar a conversão do cliente, o PSP conta com a retentativa multiadquirente, em que as transações são reprocessadas em algumas situações específicas – quando há erro de processamento do adquirente escolhido pelo cliente, por exemplo, o Pagar.me reprocessa a transação em outro adquirente. A retentativa é feita em segundos, sem que o comprador final perceba, recuperando até 5% das transações da loja virtual.

Sabendo que o varejista precisa de flexibilidade e autonomia para gerir seu e-commerce, o Pagar.me coloca à disposição de seus clientes conciliação financeira automática e em tempo real, facilitando o trabalho do backoffice e dispensando a tripla conferência dos arquivos de gateway, adquirente e banco. E oferece dois tipos de antecipação –  automática, onde o cliente antecipa um percentual do seu volume diariamente ou em intervalos de dias; e spot, onde a antecipação é feita em um dia específico, de acordo com o fluxo de caixa do e-commerce.

Todas as soluções desenvolvidas pelo Pagar.me são pensadas especialmente para que o cliente tenha maior controle sobre suas operações e possa escolher as ferramentas que melhor se adequam ao seu modelo de negócio.


parceria-pagarme
O Pagar.me e a Betalabs possuem uma parceria que oferece vários benefícios para os clientes Betalabs, como por exemplo: Isenção do Setup de contratação do Serviço Pagar.me, taxas mais competitivas e atendimento personalizado. Para saber mais sobre o Pagar.me e a Parceria com a Betalabs, entre em contato com a nossa equipe, ou então, acesse este link e preencha suas informações!

Como o comportamento do consumidor influencia as compras em sua loja virtual?

COMPORTAMENTO_CONSUMIDOR

Você conhece seus consumidores? Sabe como é o comportamento deles? Nos dias de hoje, com a imensa quantidade de informações disponíveis, não há desculpas para a resposta dessas perguntas ser “não”! Existem várias maneiras de descobrir como seus clientes se comportam e quais são seus hábitos de compra, uma vez que os usuários deixam rastros, compartilham informações pessoais e impressões sobre produtos e serviços na internet o tempo todo.

Mas por que é importante ter conhecimento disso tudo? Ao acompanhar e analisar o comportamento do seu público consumidor, você acaba descobrindo quais ações dão melhores resultados e em quais estratégias ou campanhas vale a pena investir. Saiba observar quais fatores podem influenciar o comportamento dos consumidores e entenda o que eles pensam, o que o levam a tomar determinadas atitudes e, principalmente, o que influencia suas decisões de compra. Assim você consegue elaborar melhor suas ações de marketing de forma que elas resultem em boas conversões.

Como descobrir então o comportamento de compra de seus consumidores? Comece traçando uma estratégia de interação sob medida para o seu site. Para isso, você pode usar mapas de jornada de seus clientes para ver o processo completo percorrido por eles ao interagir com a sua loja, descobrir onde estão clicando, quais páginas não estão olhando, além do tempo que gastam no site antes de finalizar a compra. É importante também descobrir o que estimula, visual ou emocionalmente, a decisão de compra.

Outra dica relevante é analisar a diferença entre o comportamento geral do comprador virtual e quaisquer comportamentos que podem ser exclusivos para o ramo de atividade do seu e-commerce.

Tendo tudo isso em mente, veja como utilizar o comportamento de compra dos usuários de sua loja virtual a seu favor.
  

Entenda o processo de compra

De maneira simplificada, o processo de compra baseia-se em algumas etapas: Primeiramente, o consumidor identifica a necessidade real da aquisição de determinado produto ou serviço. Em seguida, ele busca por informações acerca daquilo que deseja comprar para depois analisar as informações obtidas e avaliar as alternativas de compra em busca do melhor custo-benefício. Feito isso, ele escolhe a opção que lhe parece ser a melhor e é depois dessa escolha que vem a decisão de compra.

Sabendo disso, é importante estudar como o seu público-alvo lida com cada uma dessas etapas para saber como conduzi-lo a adquirir o que você está ofertando.
  

Estreite o relacionamento com seus clientes

Você pode utilizar o comportamento dos seus consumidores para ficar mais perto deles. A imagem que a sua empresa passa para o consumidor exerce grande influência na decisão de compra final. Sabendo disso e conhecendo o perfil do seu público alvo, crie uma imagem que apele para o seu segmento específico do mercado e que o faça sentir próximo de você. Isso facilita o processo de escolha entre a sua loja e seus concorrentes.
  

Otimize campanhas publicitárias

Antes de sair enviando campanhas para os usuários que já olharam os seus produtos em um passado recente, procure saber se eles possuem mesmo interesse em adquirir tal produto. Muitas vezes, o usuário visualiza o produto apenas por curiosidade ou para ver alguma informação. Nesses casos, disparar anúncios para esses usuários não é a melhor opção e irá apenas te fazer desperdiçar dinheiro em uma campanha que poderia ser melhor direcionada e te fazer gerar mais conversão.

Anúncios de produtos não são a única opção. Avalie estratégias alternativas de marketing e opte por aquela que, de acordo com a análise de comportamento de seus clientes, trazem maior retorno.

As vantagens da CDN para o seu e-commerce

VANTAGENS_CDN

Você sabe o que é uma CDN? Sabia que ela pode melhorar a performance e reduzir a latência do seu e-commerce, tornando a experiência do usuário em seu site muito melhor? Ao passo que a tecnologia da informação evolui, muitas vezes acabamos ficando para trás por não conhecer algo que evoluiu e se tornou muito útil ou até mesmo essencial.

É o caso das CDNs. Content Delivery Networks, ou em português, Redes de Distribuição de Conteúdo, já vem sendo usadas desde o final da década de 90 por grandes empresas de comércio eletrônico ou de distribuição de mídia, como filmes e músicas. Porém, nem todo mundo sabe o que são ou quais as vantagens de seu uso.

Uma CDN é uma rede de distribuição de informação que permite fornecer os dados de forma mais rápida e para um grande volume de usuários. O conceito é simples: essa rede é composta de diversos servidores espalhados pelo mundo. Dessa forma, consegue exibir de forma mais rápida e com menor tempo de atraso conteúdos como imagens, CSS, JS, entre outros, para o usuário que está fazendo a requisição. Sempre tentando usar o servidor mais próximo dele, para evitar carregar os dados do servidor de origem no qual está hospedado o site ou loja.

cdn

Além da melhora significativa na latência em uma página web, as CDNs ainda suportam picos de tráfego de qualquer tamanho e garantem proteção contra ataques DDOS (Distributed Denial of Service) – pois detectam automaticamente o aumento de tráfego e distribuem a demanda dentro da rede, em tempo real, direcionando os visitantes únicos ao servidor mais próximo – garantindo assim a qualidade e o desempenho do site.
  
Outra vantagem da utilização da CDN é a melhoria no SEO, que de forma simplificada trata-se do posicionamento da sua página nos resultados de busca. E isso se deve ao fato de que a maioria dos mecanismos de busca levam em consideração o tempo de carregamento das páginas.
  
Imgs---190x190--_0001_-
Todos os e-commerces da Betalabs contam com essa tecnologia de forma nativa. Conheça mais sobre as nossas soluções clicando aqui ou entre em contato com um de nossos gerentes comerciais!

O que é a taxa de recompra e por que ela é importante?

TAXA_DE_RECOMPRA

Ignorar a taxa de recompra é um erro ainda bastante cometido no mercado de e-commerce. Na maioria das vezes, ela passa despercebida das análises e fica de fora do planejamento estratégico e operacional. Muitos empreendedores se preocupam em atrair novos visitantes para sua loja, mas além de não ser uma tarefa fácil, o investimento em estratégias de marketing utilizadas para cativar novos clientes custa caro e nem sempre traz, em números, o retorno esperado.

Por outro lado, investir em ações de fidelização e engajamento daqueles consumidores que já compraram em seu e-commerce pode ser uma alternativa mais barata e eficiente, fazendo com que eles voltem a comprar em seu site e aumentando, assim, a taxa de recompra.
  

Como mensurar a recompra em sua loja?

A recompra pode ser medida pela taxa de conversão de recompra, que mede o grau de eficiência da loja frente às suas campanhas de marketing de recompra. Por exemplo, se a cada 100 consumidores, 10 voltaram a comprar, a taxa é de 10%.
  

Veja abaixo algumas soluções para aumentar esse número e melhorar o faturamento da sua loja virtual.
  

Segmente seus consumidores

Saber quais produtos foram comprados por um cliente, quais páginas ele visitou em seu site, o valor médio de cada compra, a origem da visita (mecanismos de buscas, e-mail marketing, comparadores de preço, etc) são exemplos de informações valiosas para segmentar sua base de consumidores e direcionar campanhas de marketing específicas aos grupos certos de clientes, aumentando as chances de gerar receita.
  

Seja multi canal e se comunique com os clientes

Se o seu cliente gosta de receber e-mails, envie-lhe campanhas de e-mail marketing. Se ele prefere o Facebook, esteja presente também nas redes sociais. Conheça o perfil de seu cliente e utilize o canal de comunicação que seja melhor para ele.
  

Ofereça produtos para recompra

Se um cliente comprou um video game, você pode oferecer a ele opções de jogos que possam interessá-lo, por exemplo. Saiba quais são os produtos complementares aos itens comprados pelos seus consumidores e estimule a recompra.
  

Invista em tecnologia e acompanhe os números de sua loja

Ferramentas como o Google Analytics permitem mensurar a eficiência de suas campanhas e conhecer o comportamento dos usuários dentro da sua loja — onde eles clicaram, que páginas visitaram, etc. Além disso, existem ferramentas capazes de automatizar todas as suas campanhas para recompra.

5 dicas de gestão de frete que vão ajudar sua loja virtual

dicas_frete

Quando tratamos de compras online, o frete é um fator importantíssimo para a decisão final do cliente e responsável por muitos abandonos de carrinho. O consumidor não está disposto a pagar valores muito altos e nem sempre pode aguardar prazos de entrega longos demais.

Para evitar perder vendas por esses motivos, acompanhe algumas dicas de gestão de frete que separamos para ajudar sua loja:
  

1. Dê atenção à embalagem e ao manuseio dos produtos

Se seus produtos forem mal embalados, a ponto de ocasionar algum dano à encomenda do cliente, sua loja passará uma péssima impressão ao seu público e sua reputação será prejudicada. Invista nos materiais adequados para embalar o tipo de produto que você oferece e certifique-se de que o manuseio não afetará a encomenda.
  

2. Automatize o sistema de frete

Automatizar o sistema de frete da sua loja virtual é importante para evitar erros em escala, como redução na margem de lucro, por exemplo. Quanto maior for o seu fluxo de venda, mais recomendada é a utilização de sistemas automatizados de frete.
  

3. Pense na logística reversa

Você deve prever trocas e devoluções de produtos que foram entregues de maneira incorreta, que apresentaram algum defeito ou que não tenham atendido às expectativas do consumidor.  Para isso, conte com uma política de trocas e devoluções que seja clara e objetiva e disponibilize-a em seu site, para não causar confusões e maiores problemas para seu cliente.
  

4. Ofereça mais de uma opção

Oferecer mais de uma opção de frete pode ser uma boa estratégia para não perder a venda para uma loja concorrente, pois nem todos os clientes concordarão com o valor estipulado. Disponibilizando outras opções, ele tem a possibilidade de escolher aquela com o melhor custo-benefício, de acordo com suas necessidades.
  

5. Otimize o seu trabalho integrando todos os processos

Com um sistema de gestão para e-commerce, como o nosso ERP Cloud, você pode gerenciar todos os processos da sua loja online em um único ambiente, inclusive a entrega dos pedidos.  Dessa forma você otimiza seu trabalho, fazendo com que a gestão seja mais eficiente na tomada de decisões.

7 motivos para investir em automação de marketing para seu e-commerce

automacao_de_marketing_ecommerce

Em muitos negócios, quando o setor financeiro não vai bem, o primeiro investimento a ser cortado é em marketing. No comércio online, no entanto, ainda que se reduza os custos, o investimento em marketing digital, principalmente, deve se manter sempre ativo. E isso se deve porque sem ações de marketing, nenhuma loja virtual consegue crescer e se manter relevante.

A automação de marketing é uma das soluções que podem ajudar a trazer organização, produtividade e muito mais resultados para o e-commerce. Basicamente, trata-se de um sistema criado para ajudar a automatizar processos de marketing digital — envio de e-mails, newsletter, publicações em redes sociais e similares, a fim de manter os leads (clientes em potencial) sempre bem atendidos, informados e próximos ao seu e-commerce.

Confira abaixo 7 motivos pelos quais investir em automação de marketing pode ser muito mais vantajoso para sua loja do que você imagina!
 

1. Melhor aproveitamento de tempo

A automação de marketing ajuda a manter seus leads bem nutridos, com conteúdo e informações relevantes que direcionam para o seu negócio, enquanto você usa seu tempo de maneira funcional, pensando em estratégias e oferecendo atendimento de qualidade a quem já demonstrou confiança em seu trabalho, a fim de fidelizar esses clientes.
  

2. Seus clientes conhecem o que você está oferecendo

Ao automatizar suas ações de marketing, utilizando funis relevantes com informações que atendam aos principais anseios do seu público-alvo, seus potenciais clientes acabam conhecendo um pouco mais sobre os produtos e/ou serviços que você oferece. Isso, de certa forma, reduzirá o número de insatisfações e demais problemas na pós-venda, uma vez que o seu consumidor já será familiarizado com aquilo que está adquirindo.
  

3. Sua empresa se torna referência no setor em que atua

Quando você oferece a seus clientes informações sobre o produto que oferece e elas se tornam conteúdo distribuído gratuitamente e periodicamente, você acaba se tornando uma referência na sua área de atuação.
  

4. Seus vendedores podem se preparar mais para atender melhor

Uma boa equipe comercial conhece cada detalhe do produto ou serviço oferecido pelo e-commerce. Se a equipe não está preparada, além de não conseguir fechar bons negócios ela refletirá uma imagem insegura, que afetará a credibilidade da empresa. Ao optar pela ferramenta de automação de marketing, você também oferece aos seus vendedores uma oportunidade de aperfeiçoar os conhecimentos sobre produtos e serviços, tornando-se especialistas e consultores preparados para oferecer um atendimento de qualidade aos clientes — novos, antigos ou potenciais.
  

5. Seus leads receberão informação qualificada e personalizada

Quando as ações de marketing são automatizadas, a plataforma fica pronta para enviar conteúdo criado por você ao futuro cliente no momento em que ele está pesquisando sobre seu produto ou serviço. Ou seja, mesmo sendo automatizado, o processo é personalizado, de maneira a direcionar suas mensagens a diferentes públicos a fim de oferecê-los os produtos ideiais. E é essa personalização que não só atrai a atenção do público consumidor, mas também o agrada a ponto de ajudá-lo na tomada da decisão final.
  

6. Público de qualidade, organização e métricas

O lead que passa por todo o funil, isto é, por todo o processo criado na automação do marketing é aquele que está realmente interessado no produto ou serviço do seu e-commerce e, dessa forma, tem mais chances de realizar uma compra. Assim, os processos de envio de conteúdo acabam sendo mais rápidos, já que existe essa segmentação de acordo com o interesse do público.

Além disso, por oferecer métricas e análises sobre todo o processo, a automação de marketing ajuda a entender, por exemplo, por quais razões alguns leads se perderam no caminho. Assim, você e sua equipe podem trabalhar para otimizar o processo constantemente. A possibilidade de mapeamento e mensuração de todas as etapas também confere mais organização e agilidade ao atendimento. Você passa a enxergar seu negócio com os olhos do público, implementando todas as melhorias e ajustes necessários não só no ambiente digital, mas também no offline.
  

7. Redução dos custos e aumento das receitas

Com a automação de marketing, você poderá, em médio e longo prazo, sinalizar os ajustes importantes e relevantes que te ajudarão a diminuir os erros e melhorar todo o fluxo de venda do seu negócio. Com isso, você investirá menos, pois saberá quanto e onde colocar dinheiro para conseguir bons resultados. Ao mesmo tempo, suas receitas continuarão aumentando, pois, se você sabe qual caminho traz mais resultado, é por ele que você e sua equipe deverão seguir.

 

Há algumas ferramentas de automação de marketing disponíveis no mercado, como o DroidCommerce, por exemplo, que é capaz de te ajudar a aumentar suas vendas e melhorar a taxa de conversão de seu e-commerce. Com ele, é possível otimizar os produtos exibidos para diferentes perfis de clientes, atrair carrinhos abandonados de volta para a loja e dialogar com nichos específicos com a linguagem mais adequada, tudo na mesma plataforma. Conheça mais sobre a ferramenta clicando aqui.

5 causas para o fracasso do seu site

5causas

Atualmente, existem mais de 1 bilhão de sites em todo o mundo, o que faz com que as empresas sejam cada vez mais desafiadas a construir uma marca única neste cenário de evolução acelerada da Internet, para se destacar entre as tantas páginas concorrentes.

Para um site ser bom, ele precisa, basicamente, comunicar a informação perfeitamente ao usuário final, caso contrário ele corre o risco de perder os usuários.

Veja abaixo cinco razões que podem levar seu site ao fracasso e saiba como evitá-las!
  

Usabilidade ruim

A primeira razão para o fracasso de um site é ser confuso e difícil de navegar. Seus usuários precisam ser capazes de encontrar o que estão procurando com fácil navegação nas páginas e com informação acessível, sem ter que fazer esforço. Um layout limpo, com cabeçalhos claros e informações exibidas de uma maneira fácil de usar incentiva os visitantes a frequentar o site.

Lembre-se também que a usabilidade e a experiência do usuário estão diretamente ligadas à conversão, portanto se ambas não estiverem recebendo a devida atenção, isso pode afetar também suas vendas.
  

Sobrecarga de informação

Menos é mais. Tome cuidado com informações repetidas e redundantes, pois informações demais podem fazer com que seu cliente saia correndo do seu site. Faça sempre uma revisão dos textos, a fim de enxugar o conteúdo e deixá-lo mais objetivo e interessante. O uso de imagens, fotos, infográficos, vídeos podem ajudar os usuários a entender de forma mais rápida e fácil o que você quer apresentar. Fornecer informações-chave que os clientes estão procurando e retransmiti-las de uma maneira clara é a chave do sucesso.
  

Site com nome pobre

Escolher o nome de um site é uma das partes mais difíceis do processo de branding digital. Encontrar um domínio disponível que represente bem o nome da empresa que, acima de tudo, seja impactante e gere alto recall por parte dos usuários é tarefa que merece muita dedicação. O domínio é a identidade digital do seu negócio. E o mundo digital é onde todos buscam informações hoje em dia. Por isso dê muita atenção ao processo de escolha do domínio do seu site. Lembre-se que o domínio pode influenciar o posicionamento do seu site em rankings de pesquisa, o famoso SEO.
  

Sem “call-to-action

Os calls-to-action, ou CTAs, são os responsáveis por chamar os usuários do seu website a realizarem uma ação. São importantes porque direcionam a navegação do seu visitante, seja para uma página interna do próprio site, um follow em redes sociais, uma assinatura de newsletter e, principalmente, a realização de uma compra.
  

Não responsivo

Com tantos usuários mobile atualmente, é fundamental que os sites estejam prontos para que os clientes possam visualizar facilmente o conteúdo e navegar nas telas menores de seus smartphones e tablets. As informações precisam ser legíveis independentemente do dispositivo que eles estejam usando para visualizar o site, que deve ser responsivo e se adaptar aos diferentes tamanhos de tela. Além disso,  é importante garantir que o site carregue rapidamente.

Saiba quais canais priorizar nas ações de marketing de seu e-commerce

canais_acoes_marketing

É fato que o marketing digital é uma etapa essencial para a maioria dos negócios hoje em dia, e para um e-commerce não seria diferente. Sem ele, dificilmente uma loja online se torna conhecida e mantém-se relevante entre seu público-alvo: os consumidores.

A escolha dos canais mais adequados para suas ações de marketing deve ser com base em: brand awareness, que podem te ajudar a construir sua reputação e ganhar notoriedade; e em marketing de performance, caso você precise coletar e acompanhar resultados financeiros detalhadamente.

Veja abaixo alguns canais relevantes que podem ser utilizados nas ações de marketing do seu e-commerce a fim de gerar receita:

 
Links patrocinados

O Google Ads e o Facebook Ads, por exemplo, permitem que você direcione seus anúncios a públicos específicos de acordo com localização, idioma, comportamentos, gostos e preferências, aumentando a eficiência dos anúncios.

Ao utilizar links patrocinados, atente-se à automatização da alteração de preços dos produtos da loja para os anúncios, para que não aconteça a divulgação de diferentes preços para o mesmo produto. Além disso, configure pausas automáticas das campanhas para produtos fora de estoque.

 
Comparadores de preço

Caso você tenha preços competitivos, sites que comparam preços são um canal potencial para vender seus produtos, além de serem uma ótima oportunidade de ficar cara-a-cara com a sua concorrência, tornando a decisão de compra mais simples. Grande parte dos consumidores que procuram comparadores de preço normalmente já está decidida a comprar e optará pelo melhor custo-benefício.

Comparadores de preço também podem transmitir maior credibilidade ao consumidor,  ajudando novos e-commerces ou marcas não tão conhecidas a se consolidar no mercado.

 
Marketplaces

Cada vez mais explorados pelas lojas virtuais, os marketplaces são outro canal de performance que se popularizaram e vêm se mostrando vantajoso para muitos e-commerces, pelo fato de que o custo para atrair novos usuários é baixo, sendo possível ter bons resultados com os shoppings virtuais investindo entre 10% e 15% da receita.

 
Links de afiliados

O cadastro em programas de afiliados pode ser uma importante estratégia para oferecer relevância para seus anúncios. A grande vantagem em sua loja oferecer esse tipo de parceria é a exposição que sua marca e seus produtos terão em uma infinidade de tipos de sites e blogs. Isso se dá através de banners e links direcionados para o seu e-commerce.

 
Retargeting

O retargeting nada mais é do que atingir um público que já foi impactado pela sua marca anteriormente de alguma forma, seja por uma visita ao seu site ou clique em algum anúncio. Com ele, você direciona seus anúncios para um público consumidor bem segmentado, aumentando as chances de gerar conversão.

 
Todos estes canais são relevantes para o e-commerce, uma vez que atendem uma necessidade de todos os perfis de negócio: gerar retorno financeiro com marketing. Entretanto, é necessário um monitoramento dos resultados usando a inteligência de marketing de performance para não acabar jogando seu orçamento fora com campanhas de baixo retorno.

Para entender quais dos canais acima atenderão melhor às necessidades do seu e-commerce, faça uma análise detalhada do seu marketing e combine a divulgação em alguns deles com o uso de ferramentas de inteligência. Assim, você consegue conter investimentos dos canais que forem ruins para você e aumentar recursos onde consegue obter maior retorno sobre seu investimento em publicidade.

A anatomia do checkout perfeito

checkout_perfeito

Um dos momentos mais importantes do processo de uma compra online é o checkout, onde acontece a finalização do pedido. Se não quiser que seus consumidores abandonem seus carrinhos, você precisa oferecer a eles uma página de checkout bem organizada e eficiente.

Os elementos a seguir dão aos usuários o empurrão final para completar uma venda na página de checkout, confira:

 

  imgs-128x128_0034_ Indicador de progresso visual

Muitos usuários consideram o preenchimento de todos os campos de um formulário uma das tarefas mais chatas do mundo digital. Mostrar ao consumidor o seu progresso de preenchimento através de um indicador visual permite a ele ver “a luz no fum do túnel”, isto é, o quanto falta para concluir, e faz a tarefa parecer menos complicada.

 

imgs-128x128_0010_Opções de pagamento

É importante contar com múltiplas opções de pagamento, como boleto bancário, cartões de crédito e débito ou mesmo carteiras digitais como PayPal ou PagSeguro. Oferecer poucas opções de pagamento reduzem as chances do cliente concluir seu pedido.

 

imgs-128x128_0011_Resumo do pedido

Mostre aos seus clientes o resumo do pedido na página de pagamento para que eles saibam exatamente o que estão comprando. Você pode incluir a imagem do produto, o preço e detalhes principais. Dessa forma, você evita que o cliente tenha dúvidas se escolheu o produto certo, o tamanho, a cor, etc.

 


imgs-128x128_0016_Fácil suporte ao cliente

Não oferecer políticas de retorno é certamente uma maneira de assustar seus clientes. Para evitar isso, adicione à sua página de checkout elementos de suporte ao consumidor, como políticas de envio e devolução claras, um recurso de chat online, telefone para contato, etc.

 

imgs-128x128_0104_Selos de segurança

Clientes de lojas online prezam pela segurança de suas informações, afinal ninguém quer correr o risco de ter seu cartão de crédito clonado. Informe a seus consumidores que seu site é 100% seguro adicionando selos e certificados de segurança na página. Além disso, ter o certificado SSL (cadeado https) em seu site é essencial para garantir ao cliente que seus dados serão criptografados e, consequentemente, protegidos.

Dicas e artigos sobre ERP e plataforma e-commerce

Betalabs Tecnologia - Rua Urussuí 300, 9º andar - Itaim Bibi - CEP: 04542-051 - São Paulo - SP
Conheça o Droid Commerce e melhore a conversão da sua loja virtual! Ative agora mesmo!Aumentar Conversão >>
+