Blog

Betalabs

Com plataforma Betalabs, A Gazeta Online lança novo Clube de Assinaturas; conheça

CLUBE-GAZETA-BLOG

A Gazeta Online lançou, no último domingo (07), um clube de assinaturas com acesso ilimitado a conteúdos exclusivos do portal, com a comodidade de acessar em qualquer dispositivo. ‘A Gazeta do Assinante‘ utiliza a plataforma de clube de assinaturas da Betalabs.

Fazer parte desse Clube é ter acesso às principais notícias e aproveitar benefícios em segmentos como gastronomia, entretenimento, moda e muito mais.

Veja o passo a passo para aproveitar essas vantagens:

AG_01  Exclusivo para Assinantes

Desde 07 de janeiro, os títulos de reportagens especiais, matérias exclusivas, análises, opiniões de colunistas e articulistas estão acompanhados do ícone  em todas as páginas do Gazeta Online.

AG_02   Matérias exclusivas

Ao acessar a matéria com o ícone , você verá um aviso com a informação de bloqueio à leitura. Clique na imagem para acesso à página de assinatura.

*Para assinantes de A GAZETA Digital, basta clicar no botão “Entrar” para acesso ao conteúdo exclusivo.

AG_03   Assinaturas

Clique no botão “Assine já” para visualizar os planos de assinatura e escolha o de sua preferência. Leia o termo para concordar com o contrato de prestação de serviços e clique em assinar.

AG_04   Cadastro e Pagamento

Realize seu cadastro e crie uma senha de acesso. Para usuários já cadastrados no Gazeta Online, basta completar o cadastro com endereço residencial e prosseguir para o pagamento. Insira os dados de seu cartão de crédito e clique em “Finalizar compra”.

AG_05   Aproveite!

Após os passos e a confirmação do e-mail, é só aproveitar os conteúdos exclusivos, benefícios e matérias ilimitadas no Gazeta Online!

Saiba mais sobre a plataforma Betalabs utilizada:
Imgs-128x128_0002_-Clube de Assinaturas

Engaje seus clientes e gere receita recorrente com inteligência. Ferramentas de ativação de marketing e gestão de assinaturas para conquistar e reter clientes com eficiência.  Ir para a página

Comece 2018 de sistema novo!

Comece-2018

2018 chegou repleto de expectativas animadoras para o mercado online. Com a economia reaquecendo, este é o momento de fazer sua loja vender mais!

Venha bater um papo com a nossa equipe comercial para saber como podemos ajudar a aumentar suas vendas!

ERP Cloud

Imgs-128x128_0000_-O melhor e mais completo sistema de gestão em nuvem disponível no mercado. Gerencie estoques, vendas, compras, orçamentos, clientes, comissões, financeiro e muitas outras áreas de sua empresa em poucos cliques e através de uma interface intuitiva e agradável. ▶ Saiba mais

Plataforma E-commerce

Imgs-128x128_0001_-Converta mais com uma loja virtual completa, flexível e com ERP Integrado. Especializada em atacado, varejo, assinatura, serviços, B2B, produtos customizados ou qualquer outro empreendimento inovador.  ▶ Saiba mais

Clube de Assinaturas

Imgs-128x128_0002_-Engaje seus clientes e gere receita recorrente com inteligência. Ferramentas de ativação de marketing e gestão de assinaturas para conquistar e reter clientes com eficiência. ▶ Saiba mais

 

Aproveite essa oportunidade e Feliz 2018! 🎆🎇

Quero falar com um gerente comercial!

 

Betalabs fala ao Estadão sobre retomada do crescimento em 2018

BETALABS_ESTADAO

Após passar período de crise arrumando a ‘casa’, empresários estão mais otimistas

Os sinais de recuperação da economia surtem efeito positivo sobre as expectativas dos empresários. Estudo da FecomercioSP aponta que, em outubro, o Índice de Expectativa do Empresário do Comércio (IEEC) teve alta de 1,1% e atingiu 150,8 pontos, maior pontuação registrada desde dezembro de 2013.

Segundo a entidade, o indicador que mede as expectativas do empresário em relação ao futuro também atingiu a maior pontuação dos últimos quatro anos. No comparativo anual, tanto as pequenas como as grandes empresas registraram crescimento na confiança, de 16% e 15,3%, respectivamente.

(…)

Falta de reserva não é problema para o sócio-fundador da Betalabs – especializada em software de gestão para o comércio eletrônico –, Luan Gabellini, que projeta crescer 70% em 2018.

“Utilizamos o período mais acentuado da crise para refazer a tecnologia e lançar um produto reformulado em 2018. No lugar de demitir, aproveitamos que tínhamos uma boa equipe já formada e realocamos o pessoal para redesenhar a ferramenta”, conta.

Gabellini diz que investiu R$ 1 milhão para desenvolver o novo software. “Isso só foi possível porque a empresa estava saudável, sempre nos preocupamos em manter uma reserva para períodos difíceis. Entramos em operação em 2011 e vínhamos dobrando o faturamento a cada ano. Em 2016, o ritmo foi mais lento e, neste ano, vamos crescer cerca de 20%.”

26.11-oport-luan-gabellini-fundador-da-betalabs-Foto-Bruno-Gianelli-Divulgação-Betalabs-692x1024

Luan Gabellini. Foto: Bruno Gianelli/Divulgação/ Betalabs

 

Formado em administração, Gabellini considera que o otimismo, de alguma forma, ajuda a estimular a atividade econômica. “Tenho essa sensação como empreendedor, mesmo sabendo que se um professor que me deu aula na Fundação Getúlio Vargas me ouvir falando isso ficará bravo. Mas acho realmente que a boa expectativa interfere no resultado da economia.”

Segundo ele, investir na reformulação do produto foi importante para deixá-lo mais barato e tornar o negócio mais competitivo, atraindo empreendedores que não têm tanta capacidade de investimento. Além de permitir a venda online, a ferramenta também faz gestão financeira, gestão fiscal e emissão de notas fiscais.

“O software antigo custa entre R$ 20 e R$ 50 mil. O novo, entre R$ 3 mil e R$ 5 mil. Estamos implantando a nova ferramenta nos clientes que já temos. Em fevereiro, vamos passar a vender o novo modelo.” A Betalabs atende 320 clientes e pretende fechar 2018 com mais 100 novos.


estadao
 
Clique aqui para ler a matéria na íntegra!

12 pontos importantes para a Black Friday

BLACK_FRIDAY-2017

A Black Friday é um evento mundialmente conhecido, e nos últimos anos teve um crescimento significativo para o mercado do varejo, uma vez que tem atingido um faturamento maior que algumas datas mais tradicionais como o dia das mães, por exemplo.

Ela surgiu nos Estado Unidos, ocorrendo na última sexta feira de novembro todos os anos, logo após o dia de ação de graças. Ela é considerada uma das principais datas que mais vendem no país (é quase um Natal!). Este ano a Black Friday ocorre no dia 24 de novembro, e muita gente não tem ideia da dimensão e do poder que o dia global de descontos tem. Aqui no Brasil, em apenas seis anos, já se tornou a segunda data de maior faturamento nas vendas online, ficando apenas atrás do Natal. Cresceu 17% só no último ano (UAU!).

Para que sua loja não fique de fora, listamos alguns pontos importantes para se atentar, pois já estamos no final do segundo tempo e não dá para perder esta oportunidade. Segue:

1. É um dia esperado por muitos consumidores

Muita gente passa o ano guardando o dinheiro para poder comprar o tão sonhado smartphone, televisão, etc., e por isso passam o ano observando os preços dos produtos, acompanhando os sites que vendem o mesmo, na busca de maior economia. Então nesta data eles irão procurar os melhores descontos para fazer suas compras.

2. Seja honesto com o cliente

Aqui no Brasil, um dos maiores fatores que atrapalham a Black Friday é a desonestidade com o consumidor. Sabe aquela bolsa que sempre custou R$ 200 reais? Magicamente aparece na etiqueta da promoção da Black Friday que de R$ 500 reais o preço caiu para R$ 250, e isso é um erro comum infelizmente. Então fica aí uma dica importante: Os consumidores estão de olho nos produtos e caso sua loja tenha esta prática, vai fazer com que você perca clientes!

3. Dê desconto nos produtos mais vendidos

Convenhamos que, para vender mais, o lojista tem que ser esperto. Então nada melhor que aproveitar o gancho da Black Friday e apostar nos mais vendidos, pois é garantido que terá um bom volume de vendas. É claro os produtos que estão há um tempinho no estoque não podem ficar fora dessa também!

4. Preço x Lucro

É necessário analisar bem os percentuais de desconto a serem dados, para que você não saia no prejuízo. É comum olhar as placas de descontos na Black Friday, com anúncios de até 75% de desconto nos produtos, o que atrai muitos olhares curiosos e sedentos de preços mais baixos, mas, para o lojista, é muito importante prever estes preços em uma projeção para ter um bom faturamento!

5. Enfeite a sua loja!

Seja ela física ou virtual, aposte em banners temáticos, dê destaque aos produtos mais vendidos e aos preços, coloque números, percentuais de desconto, pois para a sexta mais lucrativa do ano, um desconto de 5% não vai ter tanta atratividade quanto um de 20%. Jogue com estas informações para prender o cliente na sua loja e incentivar que a venda seja concluída, mas se atente para não exagerar.

6. Dispare e-mails marketing

Antes mesmo desta data, dispare e-mails para sua base de clientes e newsletter. A curiosidade é uma carta na manga importante para fazer o cliente ir até você! Trabalhe no visual e capriche neste e-mail, para garantir as visitas à sua página.

7. Redes Sociais

Além de caprichar na loja e nos e-mails, se você tem páginas no Facebook, Instagram, Pinterest, entre outros, publique sobre a Black Friday para atrair clientes por elas também! Muitas vezes o seu cliente pode estar esperando essa novidade no feed dele para clicar na sua loja.

8. Marketplaces

E que tal contar com a ajuda dos poderosos do mercado? Para lojas que vendem em marketplaces, tais como Americanas, Walmart, Mercado Livre, etc., tem uma arma poderosa para vender mais, pois estes sites já tem um grande número de acessos e visibilidade online. Então caso estes sejam um dos seus canais de venda, pode usar sem medo!

9. Estoque

É sempre bom, antes de datas comemorativas fazer a atualização do estoque, falar com os fornecedores, fazer as compras que julgar necessário, e com a Black Friday não é diferente. Faça um inventário e atualize as quantidades na sua plataforma, principalmente para aqueles que estarão em promoção. Assim evita possíveis problemas de venda sem produto em estoque e faz com que o cliente confie mais na sua loja voltando para comprar mais!

10. Prepare sua equipe de atendimento

Em datas comemorativas é comum os pedidos de atendimento aumentarem, afinal o fluxo de pessoas que passam pelo site aumenta. Para isso é bom ter uma equipe preparada para responder às mais diversas dúvidas dos seus clientes. Dica importante: se utilizar chat na sua loja, procure manter algum atendente online, para agilizar mais ainda as solicitações e reduzir o número de e-mails a serem respondidos depois!

11. Validade do domínio

É bom se certificar que seu domínio esteja dentro da validade, é comum acontecer de se preocupar demais com a venda em si e esquecer dessa parte mais técnica. E sem domínio, não tem loja, não é mesmo?

12. Plataforma preparada

E por último, mas não menos importante, bata um papo com seu fornecedor da sua plataforma. O número de acessos simultâneos cresce consideravelmente de uma hora para a outra na Black Friday, o que pode acarretar problemas técnicos. Por isso, certifique-se que sua plataforma está preparada, garantindo assim que não haja problemas com o servidor, com as vendas, lentidão no site, para que o cliente não desista de comprar na sua loja.

Concluindo, não perca esta oportunidade para alavancar sua loja, prepare-se enquanto é tempo e aproveite as dicas para vender muito!

Escrito por Eduarda R. Souza

Sócio-fundador da Betalabs fala sobre o mercado de e-commerce ao Valor Econômico

valor-blog

O mercado digital sempre será marcado pela inovação, garante Luan Gabellini, sócio-fundador da Betalabs, especializada no desenvolvimento de plataformas de e-commerce. “Aderir de forma rápida às novas tecnologias e testar novos modelos de negócio são caminhos para o acerto”, diz.

Para ele, os lojistas devem estar atentos à experiência de consumo.

“Apesar da batalha de preços na internet, um bom relacionamento com o cliente ainda é a melhor estratégia para diminuir o investimento necessário para realizar uma nova venda.”

De acordo com uma pesquisa feita pela Betalabs em uma base de mais de 300 clientes, as categorias de alimentos e cosméticos foram as campeãs em crescimento de vendas, com alta de quase 10% no primeiro semestre, ante o mesmo período do ano passado. Foram analisados nove segmentos e todos apresentaram alta. Além de alimentos, com um salto de 9%, e cosméticos (8%), aparecem calçados, livraria e ótica (3%); vestuário e eletrônicos (2%), além de bebidas e móveis (1%).

O levantamento também indica um aumento no modelo de venda por assinatura, com um ganho de 7%. “O mercado de assinaturas, que oferece mais comodidade ao cliente, gera receitas recorrentes e uma previsibilidade das demandas, é uma boa alternativa para os lojistas”, diz.

Conheça os principais problemas para finalizar compras no e-commerce

PROBLEMAS_FINALIZAR_COMPRA

Um dos maiores obstáculos enfrentados pelas lojas virtuais é o abandono do carrinho de compras. De acordo com o Baymard Institute, a porcentagem média de abandono de carrinhos passa dos 69%.

Existem diversos fatores que podem levar o consumidor a desistir de uma compra, mas alguns deles podem ser evitados. Conheça abaixo os principais problemas e saiba como prevenir seu negócio dos abandonos de carrinho!

1. Muita burocracia!

Simplifique ao máximo os formulários no momento do checkout. Ao requisitar o preenchimento dos dados dos clientes, tente facilitar essa etapa solicitando apenas informações necessárias.

22% dos consumidores desistem de uma compra por ser necessário criar uma conta. Portanto, oferecer uma opção de compra sem cadastro também é um ponto a ser considerado.

2. Não armazenar dados do cliente

Sempre que possível, salve os dados de compras anteriores. Isso deixará a finalização de compras futuras mais ágil, além de auxiliar na fidelização dos clientes.

Com esses dados armazenados, você pode até estudar a possibilidade de oferecer a “compra com 1 clique”, que facilita o processo de compra e melhora a experiência do consumidor. Como nem todas as lojas oferecem esse recurso, este pode ser um diferencial do seu e-commerce frente à concorrência.

3. Navegação no carrinho de compras

Se você pretende diminuir a taxa de desistência dos carrinhos em sua loja, eliminar a navegação (menu no cabeçalho, rodapé, etc) na página de carrinho pode ser uma opção válida. Essa prática diminui a distração do consumidor para que ele não desvie do seu objetivo, que é a finalização da compra.

4. Informações confusas

15% do abandono tem a ver com dúvidas de segurança de pagamento. Portanto, essas informações mais importantes devem ser sempre claras em seu site.

Atente-se também às informações de entrega e frete, que devem estar sempre à vista do usuário.

5. Problemas técnicos

A maioria das reclamações dos consumidores acontece por questões técnicas que influenciam no desempenho do site. Alguns problemas que podem atrapalhar ou impedir a finalização das compras no e-commerce são:

Site fora do ar

Se por algum motivo o seu site ficar offline, procure avisar o consumidor por e-mail, ou na home do site, no caso de uma manutenção.

Falhas na segurança

Procure ter certificados de segurança em seu site de forma que fiquem visíveis para o consumidor, principalmente no carrinho de compras. Isso dará garantias de que o seu site é protegido e seguro.

Erro ao finalizar o pedido

Esse problema pode ser gerado pela má configuração do gateway de pagamento da loja, problemas técnicos na sua plataforma, ou outros fatores, como um carregamento lento.

 

Faça manutenções regulares em sua plataforma e em seu servidor. A experiência do usuário no site será um fator de decisão no momento de finalizar as compras.

5 dicas para utilizar o Instagram a favor da sua marca

INSTAGRAM

O Instagram é, hoje, um dos principais canais de comunicação, com mais de 500 milhões de contas ativas. Segundo pesquisas, a rede social gera 15 vezes mais engajamento que o Facebook.

Tamanha popularidade entre os usuários certamente atraiu o interesse comercial, principalmente no mercado online. Por esse e outros motivos, estar presente no Instagram é garantia de retorno para sua loja.

Abaixo, listamos algumas dicas para melhor aproveitar o aplicativo a fim de reforçar a proposta do seu negócio e trazer visibilidade à sua marca. Acompanhe!

Tire boas fotos

Prezar pela qualidade das imagens que você posta não significa que você deva necessariamente contar com uma câmera profissional. É possível conseguir fotos incríveis usando apenas o seu celular! O segredo está no tratamento dessas imagens. Veja algumas dicas:

  • — Atente-se à resolução das imagens tiradas com a sua câmera. É importante que elas sejam nítidas e sem ruídos.
  • — A qualidade das imagens também diz respeito ao seu conteúdo. Muitos elementos na mesma foto podem tirar o foco do seu produto, que deve ser o destaque.
  • — A beleza e a harmonia no feed de um Instagram são capazes de atrair mais curtidas e seguidores.
  • — Utilizar o mesmo filtro ou o mesmo estilo de edição de foto trazem uma ideia de continuidade no seu feed, tornando-o mais harmonioso.
Mantenha a frequência de suas postagens

Criar uma conta no Instagram e deixá-la abandonada, além de não fazer sentido, afasta potenciais clientes que conhecerem sua loja através da rede. Tente sempre manter sua página atualizada. Para isso, você precisará ter um planejamento de mídias sociais e determinar os melhores horários e dias da semana para postar.

Escreva legendas criativas e engajadoras

O foco do Instagram é, claro, a fotografia. Porém, as legendas são ótimas aliadas para conquistar mais curtidas. Além disso, também são úteis para gerar mais tráfego na sua página, uma vez que os mecanismos de busca também guardam as informações de texto e hashtag.

A linguagem e a abordagem que você utiliza em suas legendas deve estar de acordo com o posicionamento da sua marca e, principalmente, com seu público alvo. Saiba discernir se suas postagens pedem certa formalidade ou uma linguagem mais divertida e descontraída. Dependendo do contexto, você pode até utilizar emojis, gírias e memes! Se utilizados com sabedoria, eles são bons para estreitar a relação da marca com os consumidores e gerar mais engajamento.

Use hashtags (mas com moderação!)

Nem todo mundo sabe, mas a função das #hashtags vai além de adicionar informações à legenda da imagem. Elas servem para contextualizar sua publicação em um resultado de busca por determinado tópico, de modo semelhante a um SEO. Usar palavras-chave em alta (contanto que tenham a ver com a imagem) ajudam suas fotos a serem facilmente encontradas. Mas não exagere: o ideal recomendado é que se utilize até 5 hashtags, no máximo!

Mapeie suas fotos

Uma das tendências do marketing nas mídias sociais é a utilização da geolocalização. Sabendo se posicionar no mapa,  você aumenta as chances de atrair consumidores não apenas que frequentam suas proximidades, mas também que se identifiquem com a cultura do local onde está a sua empresa.

Utilize o recurso em momentos específicos e marcantes para sua marca, como por exemplo: uma etapa do processo de produção, datas comemorativas, confraternização com a equipe, local de trabalho, um evento do qual a empresa está participando, etc.

Aproveite as parcerias e marcações

Quando um cliente seu posta uma foto usando seus produtos e marca a sua página, ele quer ser notado. Não deixe de interagir com esses consumidores! Fica a seu critério repostar a foto ou não, mas curtir e comentar é uma forma de fidelizar clientes.

Existem perfis de personalidades com milhares de seguidores. São os famosos influenciadores digitais. São celebridades, blogueiros ou referências em algum assunto de nicho, que recebem esse nome justamente pelo poder de influência que exercem nas redes sociais devido ao seu grande alcance. Fazer parceria com essas pessoas pode trazer mais visibilidade e popularidade para sua marca. Envie brindes e produtos para eles como presente, em troca de uma publicação divulgando sua loja. Acredite, não será dinheiro perdido; muito pelo contrário! ‘Publiposts‘ costumam atrair não só novos seguidores, mas novos clientes também.

Saiba como melhorar o marketing de performance do seu e-commerce

MARKETING_DE_PERFORMANCE

Nos últimos anos, as vendas mobile cresceram de tal forma que a expectativa é que ao final de 2017 elas tenham ultrapassado as vendas pelo desktop. Já abordamos, anteriormente, sobre a importância de ter uma loja virtual otimizada para dispositivos móveis. Confira agora algumas dicas poderosas para otimizar as estratégias de marketing do seu negócio:

Faça testes

Você já deve ter ouvido falar em testes A/B, certo? De forma resumida, são a comparação entre duas versões diferentes de um site ou de um elemento dele, como um banner, botão, etc, afim de testar qual delas converte mais. São eficientes por oferecer um feedback real de mercado, mensurado com precisão e baseado em estatísticas do seu próprio site. Clique aqui para saber tudo o que você precisa sobre a importância desse tipo de teste e como realizá-los.

Torne a experiência do usuário personalizada

Esqueça as relações genéricas e puramente comerciais! Estudos comprovaram que 86% dos consumidores acreditam que a personalização tem um papel importante em sua decisão de compra. Portanto, o momento de estreitar o relacionamento com o seu cliente e aproximar-se dele é agora! Existem diversas formas de fazer isso, e algumas delas são:

  • E-mail marketing e remarketing personalizados;
  • — Recomendação de produtos de acordo com navegações anteriores;
  • — Descontos e cupons exclusivos para produtos vistos anteriormente e não comprados;
  • — Criação de wishlists (produtos desejados);
  • — Envio de avisos sobre promoções de produtos com os quais o usuário já interagiu.

O DroidCommerce é uma das ferramentas que focam nesse tipo de personalização, dentre outras funcionalidades.

Esteja sempre de olho no tráfego mobile

Nunca deixe de checar os dados e o tráfego mobile em seu site no Google Analytics. Alguns pontos para serem levados em consideração quando se trata do mobile:

  • — A versão mobile do seu site deve ser simples para não atrapalhar o fluxo de compra. Evite encher a página de links, botões, popups e outros elementos que podem desviar o caminho do cliente até o checkout.
  • — Simplifique os formulários de identificação, entrega e pagamento.
  • — Estudos mostram que clientes dificilmente convertem sem um número de telefone até o checkout.

Dicas para otimizar as imagens em seu e-commerce

Dicas para otimizar as imagens em seu e-commerce

Otimizar imagens dos seus produtos é uma estratégia essencial quando o objetivo é fazer com que a sua loja conquiste um bom posicionamento. Ainda assim, grande parte dos e-commerces atuais negligenciam esse passo.

Por que otimizar suas imagens?

Fotos possuem um alto poder de gerar tráfego, principalmente a partir de pesquisas feitas em motores de busca como o Google Imagens. Com o Google Analytics, é possível visualizar um relatório de vendas da sua loja baseado nas visitas que originaram da busca de imagens e compará-lo com o número de vendas baseado na busca orgânica excluindo os resultados de imagens.

Portanto, se seu objetivo for aumentar a quantidade de acessos em sua loja com a possibilidade de gerar mais conversão, a otimização das imagens pode ajudar! Abaixo, veja algumas dicas de como dar mais visibilidade aos seus produtos ao otimizar suas imagens.

Atente-se aos elementos do código

O algoritmo do Google considera diversos fatores para exibir os resultados nas primeiras posições do Google Imagens, entre eles:

Texto alternativo

Jamais deixe-o vazio! O texto alternativo (ou alt tag) diz respeito a uma descrição alternativa sobre a imagem. Quando a imagem não pode ser visualizada, pelo motivo que seja, esse atributo descreve seu conteúdo para o usuário. O Google também usa essa descrição para identificar a relação da imagem com a página e o conteúdo onde foi incluída.

Além disso, alt tags são acessíveis. Com elas, os programas de navegação para deficientes visuais consegue informar os usuários sobre do que se trata a imagem.

Tag title

Procure colocar o nome do produto ou uma descrição sobre a imagem com palavras-chave que possam ter bastante busca.

Nome do arquivo

Busque sempre criar nomes de arquivo que contenham palavras-chave que sejam o mais descritivas possível. Por exemplo, se o seu e-commerce vende roupas, use: calça-jeans-marca.jpg. Evite ao máximo usar aqueles nomes padrão que as câmeras colocam automaticamente, como DSC0532.jpg.

Tamanho é documento

O tamanho das imagens interferem muito no tempo de carregamento de uma página. Quanto mais rápido um site for para carregar, a página é indexada com maior facilidade, além de proporcionar uma melhor experiência para o usuário.

Fatores como o tipo de arquivo e o aplicativo utilizado para tratar a imagem são importantes para reduzir ao máximo o tamanho da sua imagem, claro, sem perda de qualidade. Existem várias ferramentas capazes de comprimir imagens mantendo a qualidade.

Sitemap de imagens

Adicionar suas imagens a seu sitemap XML ajuda o Google a indexar suas imagens, portanto, assegure-se de fazer isso para melhorar o SEO das fotos, gráficos e outros tipos de conteúdos visuais da sua página.

Como no caso do sitemap, o de imagem serve para fornecer informações adicionais ao Google quando ele rastreia uma página. Você pode adicioná-las a um sitemap existente ou a um arquivo separado.

Dicas e artigos sobre ERP e plataforma e-commerce

Betalabs Tecnologia - Rua Urussuí 300, 9º andar - Itaim Bibi - CEP: 04542-051 - São Paulo - SP
Conheça a Plataforma Betalabs - Melhor E-commerce e ERP do MercadoQuero Vender Mais >>
+
×

Temos um presente para você!

Receba gratuitamente nosso curso online "Rasgando o Manual" e aprenda o que você precisa sobre gestão de e-commerce!

  • Prático e com exemplos reais
  • Estruturado com foco em resultados e rentabilidade